Dicas

Glossário da obra: como instalar uma bacia sanitária

Saber como instalar corretamente um vaso sanitário é importante para evitar eventos desagradáveis, como o entupimento do vaso. O que rege o bom funcionamento dos vasos são dois elementos essenciais: o sifão e a descarga d’água. O primeiro tem como principal responsabilidade o controle de água que sai do vaso. Já a descarga controla a intensidade do jato para que os dejetos sejam eliminados. Como os vasos sanitários são objetos de uso contínuo e a longo prazo, a instalação precisa ser efetuada da maneira mais assertiva possível.

Mas antes de tudo é preciso escolher o melhor tipo de produto para o seu banheiro. Para isso, separamos 5 passos para te ajudar a escolher o vaso certo.

  1. Escolha da bacia com Caixa Acoplada ou Convencional

O primeiro passo é decidir o tipo de mecanismo de descarga mais adequado para a sua bacia. Existem duas opções: a Caixa Acoplada, na qual a descarga vem em conjunto com a bacia sanitária, ou a Convencional que possui uma válvula de descarga independente que fica alocada na parede. Se você optar pelo primeiro tipo de bacia, é necessário fazer um ponto de esgoto com 30cm de distância da parede. Já para as convencionais, o recuo entre o ponto de esgoto e a parede precisa ser de 26cm.

2. Dê preferência a vasos sinfônicos

Os vasos sifônicos possuem um canal abaixo da caixa acoplada que facilita a eliminação do fluxo para baixo. As especificações para esse tipo de vaso, segundo a norma brasileira, são de 40mm no diâmetro do sifão. No entanto, como norma interna da Celite, os vasos são produzidas com no mínimo 42mm, podendo chegar até 50mm, para dar maior conforto e segurança ao usuário. Ou seja, o consumidor estará com um produto que supera as normas de exigência da ABNT (associação brasileira de normas técnicas).

sifão celite

3. Hora de escolher o modelo do seu vaso sanitário com caixa acoplada

O terceiro passo é uma decisão super importante. Está na hora de você definir qual é o modelo de vaso sanitário que melhor combina com o seu banheiro! Além de combinar com o espaço da sua casa, o modelo do vaso sanitário precisa ser funcional e atender a todas as suas necessidades. Você pode optar pela linha de bacias Smart da Celite, que são um grande sucesso no segmento nacional de louças sanitárias. Disponível nas cores preto, cinza e bege , todas com acabamento fosco, as peças possuem o diferencial do Jato Plus. O sistema proporciona maior fluxo de água no momento da descarga, limpando bem o vaso sanitário e evitando de deixar resíduos indesejáveis. Como o sistema possui um fluxo mais intenso, o risco dos dejetos não serem eliminados do vaso é menor e o escoamento da água acontece mais facilmente. A grande sacada para evitar o entupimento é posicionar a tubulação da bacia com 1% de queda para o dejeto não parar no meio do caminho.

4. Verifique se você possui todos itens de instalação

Antes de começar a instalar o vaso sanitário, verifique se você possui em mãos todos os itens requeridos para esse procedimento. Isso inclui o anel de vedação, cuja principal função é evitar o mau cheiro proveniente do esgoto, os parafusos que servem para fixar a bacia no chão e os flexíveis, que são responsáveis por conduzir a água.

5. Não esqueça do assento!

Por último, mas não menos importante, é não esquecer de colocar o assento. Para isso, tire as medidas do vaso sanitário para evitar o desgaste de ter que trocar o assento na loja.

Agora é mãos à obra! Confira o site da Celite para mais opções de bacias e assentos sanitários para o seu banheiro.